quinta-feira, 6 de março de 2008

Danças, entre tons e sons


Ballet

(fotografia - retirada da net - )




DESEJO
Livre, ao sabor do vento,
Como rosa do deserto.
Vestida estrela-mulher,
Noite calma, doce luar,
Cor de nuvem por te querer,
Como as gaivotas voar!


Cor de nuvem por te querer,
Em dia certo de não chover.
Como suave mar fosse,
Abraçar-me quando chegar...
O gosto do tempo doce,
No nosso olhar, navegar.


Soltou a âncora sem dizer,
Porque é dia de não chover!
Leve rosa do deserto,
Momento certo de amar,
Sopro quente, inquieto,
Nosso barco se fez ao mar.


[refrão]


A gota solta do beijo,
Margem de linho esguio.
Rodopia no meu desejo,
Por ti, sempre leito de rio!
*


( Mª Jose M. --Nov. 2006)








Música: " Desejo"
Vox & Friends / Vox Trio

15 comentários:

Brain disse...

:)

Compreendi na perfeição o que querias dizer.

Concordo plenamente contigo!

Um Beijo meu.

poeta_silente disse...

Linda a melodia. E a letra suave nos mostra um amor em sua forma mais completa.
A forma como o autor navega pelos mares do amor e do desejo, de uma forma delicada, como uma vela recebendo uma suave brisa.
Deus te abençoe.
beijos
Miriam

su disse...

A passagem da mulher na dança do amor e no tempo perfeito do querer.
Suave melodia em suaves letras que se juntam num texto de força.
:))

In Loko disse...

E é a paixão cheia de emoções que dita aos ventos o que suspira os sentires....

"Soltou a âncora sem dizer,
Porque é dia de não chover!
Leve rosa do deserto,
Momento certo de amar,
Sopro quente, inquieto,
Nosso barco se fez ao mar."

Lindo este teu poema MJ...

As Rosas, as gotas dos beijos, os desertos cheios de vida sentida, e os desejos que de abraços e olhares se embriaga na nudez do pensamento!!!

Gostei bastante disto!!!

Beijinhos...

DE-PROPOSITO disse...

Noite calma, doce luar,
--------------
Acredito que mesmo em noite de tormentas, se houver carinhos, cumplicidade e muitas outras coisas, a noite será sempre calma e o luar doce, mesmo que não haja luar.
fica bem.
Felicidades.
Manuel

Sandra Daniela disse...

Bonito poema! Bela dança!

Um beijinho

impulsos disse...

Imagem
Poema
Melodia

Tudo se conjuga
Em perfeita sintonia
Fazendo do momento
Um instante de magia

Lindo, lindo!

Beijo

Nilson Barcelli disse...

Gostei muito deste teu poema.
Que é cantável, não só pela referência que tens (refrão) como pela sua própria estrutura (ritmo, melodia, etc.).

Boa Páscoa, beijinhos.

poeta_silente disse...

E tu, querida? Pq n postas algo novo?
beijos
Deus te abençoe!
Miriam

muguet disse...

minha querida, tentei comentar o teu outro cantinho mas o sapo deve-me ter regeitado ;)

o teu poema...some things never change... um sonho, com sabor a sonho de criança.
a sensação de chegar a casa e poder fnalmente descansar, a alma, o corpo.
o AMOR INCONDICIONAL...haverá algo mais precioso??? o respirar fundo e sentir os aromas da infância, o colo das lágrimas, o riso das gargalhadas... precioso!!!

olha...e "cor de nuvem por te querer" é uma cor extraordinária... posso juntar às minhas mil?

beijo grande, cheio de sabor a mil e uma cores

.*.Magia.*. disse...

Ai, ai... o desejo :)

muguet disse...

...vim procurar a munha cor de nuvem...

...música deliciosa!!

zimbro disse...

Bebi da sua poesia e dancei. Parabens

aeriene disse...

que maravilha... o poema e a música
que delícia
obrigada num sorriso @@@

IN LOKO disse...

Já por aqui andei e gostei, mas nunca é de mais reler e reouvir o que é lindo!
Agora pude ouvir melhor o poema canção cantado e é lindíssimo mesmo!
Beijinhos amiga MJ