sábado, 4 de maio de 2013

Lá fora, o Sol




Claude Monet


As palavras escorrem por entre os dedos


Que vontade de te ver ao sol
passear as mãos lá fora
e a tarde quente



3 comentários:

João de Sousa Teixeira disse...

O sol estará sempre onde o quisermos;pode até ser num desenho em folha de papel...
Haverá sol!
Beijinho

Daniel Aladiah disse...

Olá Maria José... o calor não chega, quase escorrega entre as pingas de chuva...
Beijo
Daniel

DE-PROPOSITO disse...

As palavras escorrem
----------
As palavras escorrem, ora doces ora amargas! E pela palavra se ama, pela palavra se odeia.
--------
Que a felicidade ande por aí.
Manuel