sábado, 7 de julho de 2012

Da luz ...




Quando olhares o céu,
uma estrela é sempre mais brilhante...
transforma o escuro em luar.

Quando ouvires uma melodia triste,
ao amanhecer, o canto de um rouxinol,
tudo inverte.


Se uma mágoa quiser apoderar-se de ti,
deixa o quente do sol beijar-te o rosto.


Se tiveres as mãos vazias, deposita nelas
a suave cor, o toque de uma rosa.





Sem comentários: