quinta-feira, 7 de julho de 2011

As palavras possíveis...

 
Posted by Picasa


Esta é a terra que me chama,
o sangue, terra de pão e sustento.
Esta é a terra que me ama,
a vontade, nascente de esperança.

As mãos dão (se)  em novos dias,
à história, sementes de verdade.





Aqui, as flores , sombras, sol e mar ....  
Palavras soltas, entre tons e sons 
O tempo de outro tempo e de um tempo novo.
.
" I'm going where the sun keeps shining"

5 comentários:

João de Sousa Teixeira disse...

Das flores, a mais pequena
com ares de mariposa
poisa de forma serena
na outra, amarela, vaidosa.

É agreste este torrão,
embora floresça de amor.
Na sombra posta no chão
descuidada, a outra flor.

Beijinho
João

IN LOKO disse...

Palavras sentidas de cumplicidades entre a terra e a alma que sorve, absorve.
Marcas de paz em sementes de esperanças renovadas.
(lindíssima a canção de M. Peiroux que aqui tens).

Beijinho MJ

Maria Marluce disse...

Muito bacana seu espaço. Sempre estarei por aqui.

DE-PROPOSITO disse...

Aqui, as flores ,''
-----
As flores, simbologia de ternura.
-------
Que a felicidade ande por aí.
Manuel

Henrique disse...

À História, sementes de verdade.
Muito bonito, sem dúvida.
Mas está pouquinho, todos queremos mais...Beijocas, poetisa !H